Quinta -feira 26 de novembro de 2009


Hoje é quinta-feira, 26 de novembro de 2009.

Estou quentinho na barriguinha da minha Mãe(foto ao lado com papai), entrando na 27ª semana de gestação, portanto com 6 meses e pouco e caminhando para nascer em fevereiro de 2010...

Mas não será assim, ao deitar hoje minha mamãe sente que estou agitado, não encontro posição para dormir e também não deixo minha mamãe dormir, ela ja vem a algumas semanas um tanto assustada, pois ao andar muito tem notado um pequeno vazamento,ou seja, um pouquinho de água saindo da bolsa e em consulta com o seu obstetra, ele disse que era normal, (Eee doutor, de onde vem seu CRM?) mas isso não a deixou tranqüila...

Entramos na madrugada de sexta-feira 27 de Novembro de 2009, 01:30h a minha mamãe acorda assustada, algo esta errado, tem muita água escorrendo pelas suas pernas, ela acorda meu papai.

Meu papai olha e já se levanta assustado, a Bolsa estourou !

O coração dispara, esta muito cedo para isso, não estamos preparados e meu papai e mamãe nunca leram sobre essa possibilidade, não sabem se, e o que, pode acontecer... Levantamos correndo e vamos para o Hospital. Sou aqui de SP e meu irmão nasceu há 10 anos atrás na Maternidade São Luiz, a tendência que eu também nascesse lá era grande e agora sem raciocinar muito meu papai dirige o carro apreensivo em direção a essa Maternidade.

Mamãe perdeu bastante liquido, entramos no hospital e fomos encaminhados ao pré-parto, a enfermeira que nos recepciona acalma papai e mamãe dizendo que isso acontece que faremos exames para verificar a quantidade de liquido amniótico que resta, o estado do bebê e tudo mais, diz ainda que o liquido amniótico poderá ser reposto com muito repouso, doses de soro e muita água mineral (você sabia disso?).

A enfermeira nos conta outras historias de sua experiência de anos em maternidade, diz inclusive que há uma mãe que esta toda semana por lá, teve a bolsa rompida na 18ª e com muito cuidado já esta entrando na 34ª semana, enfim os meus pais foram ficando um pouco mais calmos e por fim fomos atendidos pela Dra. Bruna, Obstetra de plantão, após os exames clássicos, disse que deveríamos ficar em repouso absoluto e faríamos um ultra-sonografia para analise da quantidade de liquido amniótico restante.

Com esse carinho e atenção da doutora Bruna, minha mamãe solicitou que ela assumisse, pois perdeu total confiança no médico anterior. Também depois do diagnostico que era “normal”, sei – normal para ele, que aquela hora da madrugada estava dormindo confortavel... O hospital por motivos óbvios de ética, ligou para ele e avisou da nossa posição...

Assim a Doutora nos acalmou bastante e solicitou a internação da minha mamãe, com esperanças de ficarmos pelo menos 1 ou 2 meses em repouso absoluto.

Mas seria assim...

Sexta-feira, 27 de Novembro de 2009




















Amanheceu a sexta-feira e estamos aguardando o resultado de alguns exames colhidos e também aguardando para fazer a ultra-sonografia, enquanto isso mamãe fica em repouso total e com a ingrata missão de ingerir 3L de água, também de hora em hora o pessoal coloca um aparelho para medir os batimentos cardíacos.





As 14h00 a dra. chega na sala para fazer o ultra-som, passou por todas as atividades, mediu aqui, mediu ali e fala que esta tudo bem, mas que a médica entrará em contato para nos posicionar, meu papai não contente e desconfiado com a fisionomia da médica, sai da sala e tenta "arrancar" mais alguma coisa da médica, conseguindo somente a informação que o liquido amniótico esta bem baixo.

As 15h30, fomos encaminhados a um quarto no 1ª andar e a Dra. Bruna entrou em contato dizendo que o liquido estava bem abaixo do normal, do nível esperado pelo período de gravidez- que deveria ser de 8,0 - estávamos com 3,0. Porem o bebê estava muito bem e não apresentando nenhum sofrimento ou desconforto, portanto ficaríamos em repouso absoluto, repetindo o ultra-som na manha de sábado e fazendo uma nova analise da situação, se o liquido aumentou ou se diminuiu e como esta reagindo o bebê.

Como já estávamos no quarto, de hora em hora a enfermeira vinha medir os meus batimentos cardíacos e na troca do turno das 17h00 o nosso grande DEUS colocou um anjo sem asa para cuidar de mim de pertinho.

Em sua primeira “medição” ela ficou todo momento acompanhando o aparelho e assim teve a percepção de que em alguns momentos eu não estava bem, saiu da sala e ligou para a doutora Bruna, com isso as medições se tornaram em intervalo menor e a ultra-som que seria feita no sábado, foi adiada para a noite de sexta.

Mas nem precisaram do ultra-som, no exame das 22h00 os meus batimentos cardíacos deram varias osciladas que quase que o meu papai teve um infarto também, com isso a doutora Bruna nos ligou dizendo que estava saindo em direção ao hospital e que já iniciaríamos os preparativos para a cesariana, pois eu estava correndo risco e também colocando a mamãe em situação difícil.

Eita como eu sou apressado, tenho bem a quem puxar, né papai?


Sábado, 28 de Novembro de 2009


00h35, Sábado 28 de novembro de 2009, estamos na sala de cirurgia e eu saio da barriga da mamãe para o mundo, os médicos são rápidos e eu quase não chorei, dei um chorinho que meu pai dizia que parecia um espirro, ma estou aqui na luta.

Rapidamente sou levado a uma sala para fazer alguns exames e ter os primeiros cuidados, enquanto uma equipe termina os pontos em minha mãe, outra equipe cuida de mim, faço o teste chamado apgar e tenho uma nota satisfatória 8,0 no primeiro minuto e 9 nos 5 restantes.

Dou uma passadinha rápida na sala de cirurgia para ver mamãe e o papai antes de subir para a UTI onde minha incubadora me espera, meu papai diz que a minha cara nesse momento era de “dois olhos arregalados, tipo fiz algo errado?”...

São 1h45 meu papai disse que estava la fora na rua dando uma relaxada (se é que da para relaxar, pois pelo que sei ele e mamãe estão acordados desde quinta feira de manha, e já esta amanhecendo o sábado) e a noite era calma, com alguns enfeites de natal começando a piscar, pois estamos chegando em dezembro e a decoração do hospital São Luiz esta começando a se acender, a única coisa que ele consegue pensar é em DEUS e como ELE ira nos ajudar nessa empreitada que esta se iniciando.

Por volta das 3h30 minha mãe já estava no quarto e entre uma injeção e uns soros, tentam se recompor, pois logo, logo, devem ir até a UTI me visitar e aprender os procedimentos, as 8h00 chegam vovó Dulce e o vovô João, pensando em visitar a mamãe e já ficam supresos, pois eu já nasci e estou serelepe na UTI, enquanto minha mamãe tenta tomar um banho e papai e vovô vão tomar um café, mais alguns são avisados, vovô Valdir e vovó Neide, o pessoal do trabalho do papai, os amigos Claudinei, Fabio, karina, David, Juçara, Oseas, Roberta, joão e bete,Irmão Diogo e a família, Irmão Valdir e família, Carlos Alberto, Oliveira, o pessoal da Editora Abril que a Bete conseguiu avisar, o pessoal do trabalho da mamãe, e outros que vou lembrando e colocando aqui – todos fizeram uma torcida muito grande para a minha vitória- E assim fomos formando uma rede de fé com todos esses amigos “ligando” para o PAPAI do CEU em forma de oração para ele me ajudar e dar força nesses primeiros dias difíceis na terra.

As 14h00 papai e mamãe se preparam para entrar na UTI e me ver pela primeira vez depois desse dia tumultuado e somente eles podem entrar, são orientados a tomar total cuidado com a higiene, varias lavada de mãos e entram na UTI Neonatal localizada no 2. andar do hospital São Luiz...

Sábado, 28 de Novembro - Visita na UTI

Eu já estava na UTI há algumas horas, já conhecia os tios e tias que por lá fazem um trabalho maravilhoso e também já tinha vistos os anjos que por lá fazem plantão, mas o papai e a mamãe nunca haviam entrado lá e, portanto vou pedir ao papai que descreva a experiência, pois acredito que você que esta acompanhando o blog, poderá estar passando pelas mesmas experiências e espero te ajudar, mostrando que as coisas que você esta passando são assim mesmo e vai passar, acredite, tenha fé!

"A UTI Neonatal do hospital São Luiz é uma das mais conceituadas do país, mas aqui quem escreve é um contador que nunca esteve em hospitais por mais de 2 horas e que naquele momento estava com um filho na UTI com apenas algumas horas de vida, nascido prematuro com 27 semanas com 1,040 kg , as palavras frustrando, assustado e talvez até se sentindo culpado, acredito não irão soar absurdas a qualquer um.

Ao visualizar o Rafael dentro da incubadora, cercado de fios, aparelhos, luzes, apitos, para mim foi um momento difícil, somente a fé em DEUS pode explicar como ficar ali, imóvel, sem poder fazer nada, as enfermeiras falando e você simplesmente não escutando nada, somente se pergunta o porquê ou tentando encontrar explicações para aquilo.

Você vai conhecendo um mundo totalmente estranho, que eu só tinha contato em TV tipo seriado “ER” e agora essa era a minha visão de hospital e que as enfermeiras, médicos e funcionários do hospital São Luiz me fizeram aprender e entender esse mundo novo, maravilhoso, de pessoas que cuidam com amor, dedicação, torcem com você, sofrem com você, te alavanca, te empurram com sua motivação e mostram que cada procedimento é necessário, que é para o bem do seu filho, que é para ajudar e você vai sendo envolvido nesse mundo.
Depois de alguns dias, você inclusive enxerga outros pais ao seu lado, sim na UTI 3 em que ficamos a sala é divida com mais outras 6 crianças e com isso você vai vendo outro bebê chegar e igual ao seu ou as vezes um pouquinho pior ou melhor e você vai se envolvendo e aprende a incluir em suas orações seu filho, incluir ao PAPAI do Céu pedidos também pelo Pedro, Maria, Luana, Henrique, Laurinha, Pietro,Ana Clara, Isadora, Davi, Miguel, Fernando, Nicolas e outros que você vai conhecendo nos corredores.

Nesses momentos, você começa a trocar a pergunta, não é mais o porquê que você questiona o nosso DEUS e sim o pra que, como podemos ajudar ao amigo do lado, como passar para ele esperança, fé, que tudo isso vai passar...
"

Voltando ao primeiro momento na UTI, meus pais quase não conseguem me enxergar, pois por ser prematuro extremo, minha pele ainda tem uma grande necessidade de umidade, portanto a incubadora fica toda cheia de gotículas de água, parece que eu estou em uma sauna...

Estou “entubado” isso que dizer que tenho um aparelho me ajudando a respirar, também tenho uma sonda retirando resíduos do meu estomago, tenho outra sonda no umbigo onde recebo soro, tenho outro acesso na veia onde recebo medicamentos, enfim tem tanto fio que quase meus pais não me enchergam...

Após essa visita, meus pais voltam para o quarto, pois minha mamãe esta bem cansada da cirurgia. Dou thauzinho e fico na minha sauninha,...




Domingo , 29 de Novembro de 2009

Hoje é domingo, bem mais descansados, meus pais voltam a UTI, recebem as mesmas explicações de novo, como:
Ao entrar tomar cuidado com a higiene, não ficar olhando as outras crianças da sala, também recebem a informação de que o médico responsável pela sala passa no período da manhã fazendo uma analise clinica e depois fica pelo hospital, se chegarem depois dessa consulta, poderão solicitar que o médico os oriente e/ou tire dúvidas.

Bem mais preparados, fazem bastantes perguntas, mas a resposta é sempre a mesma (você também deverá ouvir muito isso) que o bebê esta bem, que depende muito da reação dele, que tudo é da prematuridade, que isso é “normal” pela prematuridade, etc...

Entre idas e vindas - quarto e UTI, o Domingo passa, tudo ainda é muito novo, tudo acontece rápido de mais, os meus pais ficam parados em volta da incubadora, observando, dentro da UTI o tempo parece parado, mas do lado de fora o domingo já acabou...

Dica para os papais de primeira viagem:
A espera do filho é sempre um acontecimento feliz e idealizamos isso acontecendo de forma normal, dentro do esperado, dentro da normalidade.
Quando esse acontecimento ocorre fora do esperado, criamos uma sensação de algo errado, a situação imaginada sofre com isso e normalmente nos bloqueamos para o fato principal, nasceu nosso filho!!!!!
Aceite as parabenizações, felicite-se, confraternize, o meu papai se concentrou muito no acontecimento e se esqueceu dessa comemoração inicial, ele me disse que se arrepende. (hehehe)

Segunda-feira, 30 de Novembro de 2009

A segunda-feira trás uma expectativa de alta da mamãe, pois pelo tempo de internação, ela já poderá ter alta, porem ao receber a visita da doutora Bruna, os seus pontos estão um pouco inflamados e ficaremos mais um dia no hospital.
Por ser uma segunda-feira, parece que a rotina do hospital é afetada e conseguimos falar com uma ótima pediatra, dra Chang Yin, A mamãe tem boas noticias e se tudo correr bem os médicos querem me extubar.

Os processos são estranhos para o papai e para a mamãe, mas eles ja acompanharam uma troca de frauda...Tambem comentaram que a minha pele tem bastante pelos...(hehehe não são pelinhos não, são chamados de lanugem ("Lanugem é o pêlo felpudo que às vezes está presente nas costas e ombros do recém-nascido. Ele é mais comum em crianças prematuras e soltará sozinho, por volta de duas ou quatro semanas de idade." SPSP.)

Meus pezinhos e bracinhos são bem pequeninos e meu papai não para de ir no café (onde tem um berçário enorme dos recém nascidos) e comparar, calma... eu ainda vou passar todos eles...tambem minha pele é muito fininha, assim as veias estão bem visíveis e isso assusta aos que não sabem, mas isso também é norma em nós prematuros, pois não deu tempo de absorvermos a camada de gordura adquirida nos últimos meses antes de nascer.

Minha mamãe já coloca a mão dentro da incubadora, mas o papai ainda tem uma neura de limpeza e acha que pode me contaminar com vírus ou algo assim...

Uma dica aos papais de primeira viagem:
Nos primeiros dias os papais sentem como se o filho não fosse deles, que pertencem a equipe de enfermagem da UTI, quanto mais rápido vocês vencerem esse sentimento, melhor para nós bebês, melhor para vocês papais e mamães...

Terça-feira, 01 de Dezembro de 2009

Dia movimentado:
Primeiro as fisioterapeutas me extubaram e me colocaram um outro auxiliar para respirar chamado CPAP, esse já é um aparelho que causa um impacto menor, pois apesar da função, ele é externo, ou seja, passa uma mangueirinha pelo nariz ventilando, portanto não é tão invasivo.
Mamãe já está bem melhor e recebe alta e o papai foi até o cartório para me registrar, oba já sou um cidadão Brasileiro.
A noite, papai e mamãe foram para casa, uma vez que mamãe está de alta e não dá para dormir no hospital. Noite dura!


Dica para os papais de primeira viagem:
Esse dia é dos mais difíceis, pois ir para casa e deixar o filho internado é simplesmente duro. Procure encarar como momentâneo, chegue na sua casa e se ocupe com a arrumação do quarto, já pensando na alta, não interessa se demorar 10, 30 60 ou 90 dias, não deixe que isso te afete agora, pense em termos de semanas, se ele chegar na semana que vem, o berço já esta pronto? Já colocamos os adesivos? Se ocupe com esses pensamentos... Nunca deixe (ou pelo menos tente) o silêncio e o desespero dominar o ambiente, pense sempre positivo e se possível ore a DEUS pedindo força.
Outra dica, ligue para o hospital, os enfermeiros são super atenciosos e essa última noticia ajuda a pegar no sono.
Guarde forças, seu filho vai precisar de você.

Quarta-feira, 02 de Dezembro de 2009

Quarta-feira, 02 de Dezembro de 2009

Noite dura!
Dia duro!

Ao chegarem na UTI, papai e mamãe estão ansiosos. Ficaram a noite toda fora e estão se adaptando aos horários do banco de leite, sim apesar de eu não estar me alimentando ainda, a mamãe tem que ir ao banco de leite de 3 em 3 horas para estimular a produção e o leite tirado não é perdido, pois o hospital tem um sistema de pausterizar e armazenar até eu começar a me alimentar.
As 10:40 mamãe vai para o banco de leite e o papai fica na UTI, nesse meio tempo a doutora Miriam (Cardiologista) entra na sala e apresenta ao papai o resultado do Eco-cardiograma.

A doutora Miriam explica ao meu papai que o pedido do exame foi para confirmar o diagnóstico já apontado anteriormente de “Persistência do canal arterial (PCA).” (para melhores informações ou artigo médico – click aqui).

A preocupação da doutora é na forma de como medicar, pois a medicação tem que ser aplicada via oral, porém eu ainda não tenho o sistema digestivo em funcionamento. (até agora estou sendo alimentado via sonda pelo umbiguinho).
Portanto a alternativa é uma cirurgia. Essa opção doutora não gostaria de fazer, pois eu, nesse momento, estou com 890g (é normal perder peso nos primeiros dias de vida) e já havia sido extubado e em fase de diminuição do oxigênio no CPAP. Fazendo uma cirurgia agora, apesar de ser uma cirurgia simples, tínhamos riscos nessas condições, sem falar na regressão da minha recuperação.

Mas mesmo com esse quadro, a doutora deixou claro que essa decisão teria que ser tomada rápido e que dependeria de uma reunião que os médicos fariam ainda essa semana, para definir.

Não preciso nem falar da cara do papai. CIRURGIA? Que notícia ..

Papai tenta apresentar um cenário mais colorido para a mamãe e deixa a mamãe no hospital indo até em casa, fazer a única coisa que ele sabe que poderá ajudar nesse momento. Orar.

Papai me conta que nesse dia, ao chegar em casa, ele não conseguia orar (parece até que o Céu está fechado) e ele portanto fez outra coisa, pega seu trompete e começou a tocar os hinos. Tocou, tocou, tocou, conversou com DEUS através das notas e das lágrimas que desceram e pediu ao senhor um milagre, ele disse em suas notas que serve a um DEUS que ouve a oração e a um DEUS que socorre o seus filhos, portanto ao ter certeza em sua alma que o SENHOR atenderia a sua súplica, ele guardou o instrumento e foi buscar a mamãe.

Firme na fé ele me saudou com a “Paz de Deus” e foi embora ao final de mais um dia.

Quinta-feira, 03 de Dezembro de 2009

Quinta-feira, 03 de Dezembro de 2009

O Choro dura uma noite, mas a bonança vem pela manhã!

Ao chegarem na UTI, papai e mamãe estão ansiosos e querem notícias sobre essa possível cirurgia, porém por incrível que pareça, não conseguem falar com nenhum médico, após algum tempo, mamãe vai para o banco de leite e o papai tem que sair do hospital e resolver um assunto com o vovô Valdir.

Com o vovô Valdir, papai conta a situação e diz a ele que hoje vamos ver um milagre, pois ele tem certeza que para essa situação virá socorro do Céu. Por volta das 12:15 a mamãe liga para o celular do papai e diz :
“Ainda não consegui falar com nenhum medico, mas o bebê esta bem e as enfermeiras entraram com uma sonda via oral e deram leite para o bebê ...”
Papai meio sem entender, diz:
“Então o aparelho digestivo começou a funcionar?”
Resposta da mamãe:
“Sim”.

Estava aí o milagre de DEUS!!

Ao chegar no hospital, papai já recebeu a notícia que eu estava recebendo leite via sonda de 2 em 2 horas e aceitando bem a dieta.
Recebi 1ml as 12:00, depois 2 ml as 15:00 e assim seguimos...

Poderíamos, portanto entrar com o remédio via oral e descartar a cirurgia?
Não era esse o plano de DEUS, os medicos optaram por seguir com a alimentação, e refazer os exames, pois segundo eles o remédio pode interferir na minha alimentação e eu estava indo bem...

Passamos a noite bem e na manhã de sexta-feira (04/12), já estou recebendo 6ml e a prescrição médica é para aumentar para 9ml na parte da tarde.

O dia de sexta-feira transcorre sem nenhuma alteração e com o acompanhamento médico, combinamos que na segunda-feira iríamos repetir o eco-cardiograma, para ver a situação.

Domingo, 06 de Dezembro de 2009

O fim do CPAP

No domingo, as fisioterapeutas entendem que estou me saindo muito bem e resolvem me dar uma promoção, tirando o aparelho CPAP.
Assim ao final de uma semana, estou na incubadora sem ajuda de nenhum aparelho, somente com a sonda que leva o leitinho cada vez mais ao meu estômago faminto.

O domingo tranqüilo chega ao final e com uma pontinha de dor no coração, papai se despede e me avisa que acabou sua licença, portanto na segunda-feira ele só poderá me ver no período da tarde, mas que a mamãe estará lá logo cedo.

Olha eu ai com meu leitinho...

Dica:

Até aqui eu não tenho nenhuma foto no blog, pois meus pais não sabiam se podiam fotografar lá dentro... Pergunte, pois na maioria das UTI´S podemos tirar fotos...

Segunda-feira, 07 de Dezembro de 2009

O Eco-cardiograma
Na segunda-feira durante o dia sem nenhuma alteração, segui com minha dieta e a mamãe de 3 em 3 horas vai até o banco de leite, o papai está trabalhando, mas com a cabeça aqui.
O eco-cardiograma foi feito à noite e, portanto só na terça teremos o resultado.

A terça-feira (08/12) chega e ainda não recebemos o resultado, seguimos os procedimentos normais e ao final da tarde a doutora conversa com a mamãe dando a noticia do resultado do Eco-cardiograma:

A veia aparentemente esta fechada e/ou apenas um pouquinho aberta, mas não tem repercussão, portanto estamos em uma zona de conforto e podemos deixar o assunto de cirurgia de lado.

Glória a DEUS!!


Quarta-feira-feira, 09 de Dezembro de 2009

O peso

Na quarta-feira com todo esse leitinho que eu tenho recebido, meu peso começa a retornar e já estou pesando 945g o papai e a mamãe estão radiantes, aparentemente as condições são super favoráveis, estou praticamente sem ajuda de nenhum aparelho, ainda na incubadora, mas apenas ganhando peso e mantendo a temperatura agradável, uma vez que eu ainda não consigo manter meu corpo aquecido.
Já trocaram a minha incubadora e essa não fica mais tão cheia de água, portanto podemos nos ver e tirar fotos e temos o meu primeiro vídeo:
A Tia Regina trocando minha fraudinha...


A quinta-feira (10/12) também transcorre de forma tranqüila, apenas com uma pequena pausa na minha respiração, coisa que ao ser detectada pelo oxímetro, já foi atendida e apontada no prontuário pelas minhas queridas tias ...

Na sexta-feira (11/12) após eu aprontar algumas outras pausas o doutor Sérgio diagnostica essas pequenas pausas na respiração como apnéia da prematuridade e devemos acompanhar a evolução, também aproveita que o fim de semana chegou e agenda para o começo da próxima semana um novo eco-cardiograma para análise do canal.
video

Sábado, 12 de Dezembro de 2009

Fim de semana

Apesar da apneia, estou mamando bem e portanto ganhando peso, como é fim de semana, papai e mamãe chegam cedo.

Logo cedo uma surpresa : Cheguei a 1kg novamente...


Domingo, 13 de Dezembro de 2009

Fim de semana

Como eu passei de 1kg, a tia Simone resolve festejar e como já estou ficando mocinho, saio pela primeira vez da incubadora e dou um pulinho no colo da mamãe.

Dia de muita festa e comemoração...










Terça-feira, 15 de Dezembro de 2009

Novo Eco

Como eu ainda continuo dando algumas pausas na respiração (apneia) fizemos um novo eco cardiograma, nele o medico indica uma abertura bem pequena do canal arterial de 1,3mm.
O doutor Sergio diz que é super tranqüilo e receita uma dose de cafeína para combater a apneia.
Oba, agora o papai tem um companheiro de café.
Hoje estou pesando 1,080g.

Veja meus bichinhos na Incubadora e o chocalho do coringão...




Quarta-feira, 16 de Dezembro de 2009

Niver do papai

Hoje papai esta completando 38 anos, mas não tem muita festa não, fiz alguns exames de sangue e aguardamos os resultados.
O doutor Sergio diz que é normal a apneia nos prematuros e isso vai passar, é questão de tempo.
Falando em tempo, hoje faz 19 dias que nasci.
Hoje estou pesando 1,095g.



Na quinta-feira, 17 de dezembro, após varias ocorrências de apneia, o doutor Sergio viu os exames de sangue e detectou anemia, para combater receitou uma transfusão de sangue.

Papai estava trabalhando quando mamãe ligou explicando, foi um balde de água fria, será isso normal ? transfusão de sangue assusta, mas depois descobrimos que é um tratamento super normal e inclusive eu tomarei diversas até a alta.Assim no meu 20. dia de vida, tomei uma bolsinha de sangue e estou pesando 1,130g.


Sábado, 19 de Dezembro de 2009



Novo fim de semana

Finalmente chega o fim de semana e posso ver papai mais tempo, estou super bem, a transfusão fez muito bem, até a apneia esta com menor freqüência e assim passamos um fim de semana típico de pais e filhos em UTI, após uma semana movimentada o fim de semana foi tranqüilo.

Hoje faz 22 dias que nasci.
Hoje estou pesando 1,315g.

Terça-feira, 22 de Dezembro de 2009

Novas apneias

Apesar do sangue que tomei na semana passada e da cafeína que tomo todo dia pela manha, ainda estou assustando minha mamãe, fiz varias apneias, inclusive uma delas na frente do papai.
Quando isso acontece, alguém tem que me cutucar um pouco para que eu “lembre” de voltar a respirar...
Existe um aparelho (Oxímetro) que fica no meu pezinho monitorando a quantidade de oxigênio no sangue e quando essa oxigenação esta baixa (ideal entre 85% e 100%) ele apita.

Hoje faz 25 dias que nasci.
Hoje estou pesando 1,270g. é verdade perdi um pouquinho, mas acontece...

Estamos chegando perto do feriado de Natal e a rotina do hospital começa a ser afetada, As enfermeiras começam a negociar quem folga e quem vem trabalhar...

Chegou o resultado do teste do Pezinho e aponta uma alteração, solicitando refazer a coleta.


Chegaram mais brinquedinhos na minha Incubadora...

Quinta-feira, 24 de Dezembro de 2009

Feriado

Feriado, papai novamente esta aqui para passar o dia todo, mamãe esta cansada e precisa de apoio, o ritmo do feriado atinge a todos, não tem onde almoçar direito, tem poucas enfermeiras, o apito do oxímetro quebra um pouco a monotonia.
Passamos assim o primeiro feriado juntos: Eu, Mamãe, Papai e meu irmão David que esta la fora, na lanchonete jogando no notbook vários jogos...
O feriado é longo e os médicos de plantão só controlam a situação, portanto passamos os 4 dias de forma bem tranqüila...

Hoje faz 28 dias que nasci.
Hoje estou pesando 1,380g.



Segunda, 28 de Dezembro de 2009

Aniversario...1 mês!

mas não foi um fim de semana fácil, com os testes do pezinho confirmando que algo não estava bem, meus pais sofreram bastante e quase não dormiram, chegando a Segunda feira, podemos falar com o doutor Sergio e pelo menos ter um pouco mais de respaldo,

Depois de um fim de semana entre feriados, meu papai foi trabalhar, mas super preocupado com o teste do pezinho, mamãe chegou na UTI cedo e já encontrou novidades de novo...

Já estou mocinho e portanto não posso ficar pelado na UTI...



Eba minha primeira troca de roupa...


OK, duas mancadas, a roupinha é bem "Grande" e ainda me pegaram com o dedo na boca...

Mas não conseguimos falar com o Doutor Sergio, só na terça-feira..

Terça-feira, 29 de Dezembro de 2009

1 dia após o outro

Esse é o lema da UTI, sempre um dia após o outro.

Com a apreensão de entender o que estava por trás do resultado do teste do pezinho, papai não foi trabalhar e resolveu emendar a semana com o feriado do ano novo.

Encontraram o doutor Sergio na entrada da UTI e ele já foi recebendo com noticias: que iria receitar outra transfusão para combater a anemia e que quanto ao exame que indicava o hipotiroidismo congênito, disse que ainda era muito cedo, e que por ser prematuro esses índices se distorcem um pouco, portanto somente na semana seguinte iríamos refazer os testes...
Também subiu a cota do meu leite para 32ml de 3 em 3 horas e que a mamãe poderia tentar me ofertar o peito.


Hoje estou estreando um conjuntinho azul...



Hoje faz 32 dias que nasci.
Hoje estou pesando 1,545g.

Quarta-feira, 30 de Dezembro de 2009

Novidades

Como estou saindo um pouquinho da incubadora para mamar no peito da mamãe, as fisioterapeutas colocaram um cateter no meu nariz para ajudar na respiração fora da incubadora, assim começamos a quarta-feira cheio de novidades, olhe as fotos como estou esperto...



E até no colo do papai eu dei uma passadinha hoje...heeee.



A partir de amanha vamos iniciar o “pele a pele”...

Hoje faz 33 dias que nasci.
Hoje estou pesando 1,580g.

Quinta-feira, 31 de Dezembro de 2009

Ano Novo Chegando

Antes de entrar no ano novo, vou deixar aqui uma foto que ajuda muita força a quem esta na UTI, o QUADRO de AVISOS.
Aqui muitas mães e pais deixam o recadinho, agradecem e passam força a quem esta lendo e passando pelo mesmo que muitos passara...

Sem palavras, em breve o nosso recadinho vai estar ai:

Sexta-feira, 01 de Janeiro de 2010

Ano Novo

O Ferido todo passei muito bem, me alimentado e com o Cateter venho tendo menos ocorrências de apneia, apesar de ainda estar na incubadora, acredito que a próxima semana trará novidades, estou chegando aos 1,700g e estando bem o meu papai tem o sentimento que o doutor Sergio ao chegar do feriado me colocará em um Bercinho, saindo assim da Incubadora, vamos ver...

Enquanto isso eu dei algumsa voltinhas no feriado fora da incubadora, fiz pele a pele com a mamãe e um pouquinho com o papai...

Segunda-feira, 04 de Janeiro de 2010

Após todo o feriado junto aos meus pais, a Enfermeira Renata disse a mamãe que deveria trazer mais roupa, pois estou pesando 1,745g e a tendência é que eu vá realmente para o bercinho...

Como estou com o cateter, não tenho quase nenhuma incidência de apneia e com esse quadro, estamos apenas melhorando, a “pulga atrás da orelha” ainda é o exame do pezinho que deverá repetir essa semana.

Meu papai foi trabalhar, mas passou por aqui a tarde para dar um Älo".

Terça-feira, 05 de Janeiro de 2010


Acima a tia Rê me observando no bercinho...


O Bercinho
Sem dúvida ao fazer a consulta de todo dia, o doutor Sergio o colocou no Bercinho, vocês não fazem idéia da cara de bobo do papai...
Agora nosso contato é direto, bem mais tranqüilo. A mamãe vai começar a ajudar bem mais, pois poderá me trocar e dar banhos, ficar no colo, enfim vai começar a mimação...


Olha a roupinha que me arrumaram ... Porque tem tanta gente ao redor do meu bercinho? é só trocar o lençol...


E o Bobão do papai não me deixa no bercinho, foi duro chegar aqui e ele não quer nem saber, só colo...olha que eu acostumo e ja viu...


Sexta-feira, 08 de Janeiro de 2010

A mamada
Agora que estamos no bercinho, apesar de tentar mamar no peito devido ao esforço, respiração, oxigênio, etc, nem sempre eu consigo comer tudo, por isso eu recebo complementos via mamadeiras e o finalzinho via sondinha (você deve notar nas fotos), eu refiz o exame de sangue e estamos esperando os resultados, enquanto isso deixo uma seção de fotos só mamando e minando no colo das tias...





Domingo, 09 de Janeiro de 2010


O banho

No sábado mudamos de posição na sala, (ficávamos no leito 21 e agora estamos no 18) e a posição do berço define o horário de banho, Agora que estamos no bercinho 18 o horário do meu banho é no período da manhã, assim ficamos com o primeiro filme do banho...esse banho é dado pela Tia Regina, nos próximos dias quem assume a responsabilidade dos banhos e a mamãe.


Segunda-feira, 11 de Janeiro de 2010

Sem a Sonda

A semana começa com novidades, Já estou sem a sonda, portanto tenho que tomar todo o meu leitinho com esforço, pois fico 20 minutos no peito em média e depois vem na mamadeira o complemento, isso complica um pouco a semana da mamãe, pois fazendo esse esforço a minha saturação cai um pouco e assim o oximetro não para de fazer ruído de 3 em 3 horas, mas é assim mesmo a cada progresso, temos uma fase nova de adaptação e logo, logo, vou superar...

Estou usando o cateter nasal, mas com um fluxo de O2 muito baixo (0,1L ou 0,2L ), portanto o ultimo passo agora é desmamar desse oxigênio, como se diz aqui no jargão médico.

Também passei dos 2kg e portanto me preparando para o próximo passo muito bem...

Quanto ao exame de sangue, realmente apontou uma distorção no T4, com o fator da prematuridade o endocrinologista acredita em uma possível Hipotiroxinemia transitória da prematuridade, vamos repetir os exames daqui a 30 dias e reavaliar.

Quarta-feira, 13 de Janeiro de 2010

Sem o Cateter

Como esperado, retiraram o cateter, assim estou no bercinho respirando o ar ambiente e sem nenhuma ajuda, ao mamar tenho que colocar a “mangueirinha”com o2 para ajudar para não saturar muito, começamos a fase final para ir para casa.

Hoje completamos 47 dias de UTI, pesando 2,030g e com esse último passo estamos a caminho de casa, agora é só uma questão de tempo, estabilizar a saturação, continuar ganhando peso e evitando as possíveis infecções...

Vamuuuuuuu!!!!!!!!
Com Cateter...
Sem cateter...

Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2010








Em evolução

Como esperado, variaaaaaaaasssss saturações, o coração vem bem apertado esss últimos dias, mas faz parte do processo de desmame.

Hoje completamos 50 dias de UTI, pesando 2,100g.

Vamuuuuuuu!!!!!!!!








 
© Template Scrap Gabriel|desenho Templates e Acessórios| papeis Bel Vidotti